Dispersão eletrostática

No fabrico de abrasivos flexíveis (por ex., rolos de lixa, cintas abrasivas, folhas abrasivas etc.) os grãos abrasivos são dispersos sobre um suporte base, onde são fixados por adesivo e pintura posterior. O processo de dispersão eletrostática é aplicado especialmente em abrasivos de alta qualidade.

Neste processo de dispersão os grãos abrasivos não escorrem de cima sobre o suporte base, mas são atraídos para cima por tensão elétrica (50 kV) na área de dispersão da linha de produção, de modo a penetrar no adesivo aplicado no suporte base. Devido à distribuição da massa e à aceleração os grãos abrasivos em voo orientam-se automaticamente, de forma a incidir no suporte base de forma perpendicular e com a extremidade mais espessa para frente e ali são fixos no adesivo.

Como a extremidade gasta fica sempre no adesivo, enquanto a ponta afiada e pontiaguda aponta para o lado de lixamento, este processo de dispersão resulta num produto que lixa de forma muito agressiva logo desde o início e possui uma elevada remoção de material desde o início.

A Klingspor usa o processo de dispersão eletrostática em todos os abrasivos flexíveis a partir do tamanho de grão P30 e mais fino.

Ir para informações sobre lixamento